#OUTUBROROSA

Quando Você é Descartável - TEXTO


Então, você está só. Andando distraído pela vida, talvez tenha saído de um relacionamento conturbado...   Num desses momentos de mundo da lua, surge na sua frente esse alguém. Vai se aproximar, ou vai fazer as coisas de forma a você se aproximar.
Depois de um primeiro contato esse ser vai dar um jeito de facilitar os próximos encontros... Então na saída da escola, da faculdade, do trabalho, da academia, da igreja, da praia... você é docemente abordado, e te chama para ir ali comer alguma coisa, beber algo, conversar um pouco ou pode até ser mais formal e te convidar para uma bela saída no dia seguinte, ou o mais breve possível.
Vai te envolver, vai se abrir pra você... Vocês vão conversar muito e esse alguém vai dizer coisas do tipo: "Isso só acontece com você!", "Só sinto isso com você!", "Só faço isso com você!", "Você é a primeira pessoa que eu sou assim, ou faço isso, ou confio de tal forma...".
Ela vai adentrar rapidamente na sua atmosfera emocional. Vai parecer uma relação de fácil envolvimento, porque ela é uma pessoa sedutora, envolvente,  atraente... mas em alguns momentos, algo em você vai te mostrar alguns leves sinais de alerta, mas você vai ignorar! Você está carente e aquela pessoa era tudo que você precisava neste momento.
Você vai se entregar rápido, porque ela parece se entregar também. Você vai se sentir no mesmo ritmo que ela. Ela pode dizer que te ama nos primeiros encontros, iria te sugerir um compromisso importante, ou até te pedir em casamento.
Você depois de um susto vai se sentir bem... alguém se apaixonou por você e era tudo que você estava querendo. Ela vai criar na sua mente cenas de vocês morando juntos num apartamento feito só pra vocês dois, com TV grande, filmes, um sofá planejado com tapete felpudo, uma cama gostosa, uma cozinha legal, uma comidinha feita juntos... Vocês dois tomando uma bebida gelada na varanda numa noite quente. Ela vai entrar na sua intimidade, emocional e sexual; mesmo que você goste de esperar um tempo para que aja algo mais íntimo , ou o casamento, você vai cair na sedução de quem você acha que é a pessoa da sua vida... E vocês vão sair algumas vezes, sempre muito intenso, com noites inteiras de amor e conversas intermináveis, uma sensação gostosa de amizade e sintonia.
Essa pessoa tão atraente vai fazer perguntas e te scanear  para saber exatamente em que terreno está pisando. Ela vai te cercar e querer saber tudo sobre você. Ela vai até demonstrar ciúmes de você; vai vasculhar suas redes sociais e parecer paranóica com traição, e você diante de tanto interesse vai gostar de ter alguém assim, tão preocupado e tão interessado em você, na sua vida... mas na realidade não é NADA disso! E você vai se apaixonar...
Mas a primeira fase do relacionamento vai passar, aquela em que a gente evita falar dos nossos problemas, que evitamos ser vulneráveis, nos mostramos mais fortes por causa do momento natural de conquista. Então um dia você vai precisar dessa pessoa e vai ver que algo mudou. Um dia você vai querer marcar a saída, ou de se encontrar e não vai sentir uma reciprocidade no desejo do encontro. Vai perceber que ela de repente some, e ela não fala do seu paradeiro e nem de suas sumidas, ou inventa idas a lugares que nunca foi, que estava com pessoas que não estava, e é bem convincente! E se você questionar muito, ela fica com raiva e diz que você está monitorando sua vida, ou pode inventar uma mentira muito real.
Você vai perceber que momentos intensos e palavras fortes se intercalam com outros totalmente desconectados de você. Um dia vai parecer que vocês têm uma sintonia incrível, um envolvimento que vai te dar a impressão de ser a pessoa pra você, quem você estava esperando há tempos... tudo que você queria. Mas nos dias seguintes ela pode sumir e te ignorar completamente, voltando alguns dias depois (...)
Um dia ela pode dizer que seria ótimo casar com você, mas se vocês se encontrarem casualmente em um lugar não combinado, é capaz de ela mal olhar pra você. Você começa a perceber quando estão juntos que as atualizações de mensagens do  celular dela tocam muito e você não tem acesso. Ela é capaz de manipular o celular de forma que você não consiga sequer saber qual tela de fundo ela usa, apesar de ela ficar o tempo todo alerta para cada toque do seu celular. Você vai percebendo que tudo que fazem são ideias ou combinações da parte dela, que quando você chama, há sempre um cansaço muito grande da semana, uma dor de cabeça ou uma pendência familiar.
Você começa a perceber coisas chatas que te fazem sofrer e te tiram a paz. Mas é tarde demais, você está completamente envolvido! Então você que não quer assim e que vai terminar... faz isso como uma forma de chamar a atenção para que ela perceba que não está bem e que precisa uma providência, mas ela recebe isso com um "Ok"; o 'Ok' mais frio que você já ouviu na sua vida. Por ela acaba ali mesmo, mas você não. Você tem sentimentos, respeito, envolvimento ... Então você volta atrás e quer reatar, a pessoa pode até voltar mas nada vai melhorar, ela vai continuar a agir como antes.
Ainda mais agora que você se fragilizou e baixou a guarda. Ela vai alternar momentos de amor intenso com total frieza. E sem perceber onde tudo começou, você estará afundado num relacionamento abusivo, infeliz, esmagador, onde você se tornou um refém preso nas mãos e nos pés pelos grilhões do seu amor. Entregue a alguém que mereceria um bom dia seu apenas por compaixão. Mas você fica sentindo uma culpa enorme em casa pensando o que você pode ter feito, enquanto ela tá por aí a conhecer novas pessoas, novas bocas, abraços, caricias... ela abriu uma gaiola e te atraiu pra dentro, agora te trancou e foi viver a dela, particularmente.
Esses são os defraudadores: "Alguém gera em outra pessoa uma expectativa sentimental que não poderá ser suprida.
É algo que a pessoa não está disposta a suprir, ou não tem condições de suprir.
DEFRAUDAR é usar, é " tirar proveito" do outro, sem desejar um verdadeiro compromisso.
Defraudar é fazer a pessoa acreditar que você quer um relacionamento sério com ela... quando na verdade você não quer, porque não tem condições ou porque não quer mesmo.
Defraudar é deixar a pessoa pensar (acreditar) que você deseja se casar com ela, quando, na verdade, você só quer ficar com ela "por um tempo" . Defraudar é apenas "curtir o momento" e nada mais."
"Quando o defraudador percebe que há um ser humano do outro lado, com vontades e desejos próprios com demandas e que exige certa responsabilidade, sai sem olhar pra trás, sem culpa, sem querer que sobre qualquer vestígio do envolvimento que ele agora enjoou, cansou e quer partir para a próxima vítima."

Se você está numa relação assim, infelizmente não há outra maneira, a não ser reconhecer o seu erro, aceitar que caiu numa cilada. Como alguém que cai num golpe financeiro, e sair sem pensar em restituição, sair sem ter esperança de mudança, de melhora, de transformação... você não tem nenhum poder pra isso!
A prática da defraudação só pode ser mudada se Deus estiver a frente, se a pessoa reconhecer, se tratar e se quiser mudar. Você não vai fazer isso, nem perca mais o seu tempo e a sua vida.
Só tenho algo pra te dizer...
Caia fora antes que sofra mais!

P.S: Se você nunca passou por isso, cuidado! Perceba os sinais e entre devagar. Preste atenção nas atitudes da pessoa e leve a sério cada desconforto vivido.

Não queria pagar pra ver o alto preço da falta de amor de corações indiferentes e vazios. 
 
 
CONECTANDO VOCÊ AO SEU CRUSH!

DEIXE SEU COMENTÁRIO!
Comentários Via Facebook
0 Comentários Via Blogger



- Os comentários são moderados.
- Use seu perfil no Facebook para comentar em nossos posts.
- Use sua conta no Google para comentar.
- Evite o uso de palavrões nos comentários.
- As opiniões expostas nos comentários não refletem as dos autores do site. Inclusive, as vezes mal refletem as do autor do comentário.
- Baixe Nosso Aplicativo na Google Play Para Ouvir Nossas Transmissões Ao Vivo

- A Equipe da Web Rádio Crush Unifap Agradece sua Visita!
- Curta a gente no Facebook
EmoticonEmoticon

 

BATE-PAPO